Pular para o conteúdo principal

Fome de Leitura bate os 10 mil livros arrecadados

A campanha Fome de Leitura, em pouco mais de um mês de funcionamento, bateu a marca de arrecadações da campanha Calor Humano e chegou ao número de 10 mil livros arrecadados. Além do empenho da advocacia, para o feito pesou também a participação das editoras parceiras: na última semana, a Imprensa Oficial, que se juntou ao movimento, doou 6 mil livros. “Essa campanha já superou em muito nossas expectativas, sinal de que acertamos em cheio no tema e em seus objetivos. Nossos sinceros agradecimentos aos parceiros que tornaram isso possível, especialmente à Imprensa Oficial e à Zit Editora”, afirma o presidente da Caarj, Marcello Oliveira.

A Zit e a Imprensa fazem parte do panteão de apoiadores da iniciativa, que colaboraram com doação de livros e divulgação das ações, entre outros meios. O imortal Arnaldo Niskier e a escritora Bia Bedran são os padrinhos da campanha, que tem a parceria da Ação da Cidadania e do Centro de Integração Empresa-Escola. A autora Thalita Rebouças também é parceira da iniciativa, com a doação de exemplares de sua autoria para o movimento.

Fazem parte, ainda, dos apoiadores o Instituto Pró-Livro, a Aliança Francesa, a Câmara Brasileira do Livro e as editoras Zahar, Bertrand/Record, Rocco, Zit, Sextante, Ediouro e Nova Fronteira. Além disso, a escola A Chave do Tamanho irá receber a estante da campanha para uma ação de arrecadação itinerante, com a adesão dos alunos. Fóruns, subseções e as casas do advogado Paulo Saboya e Celso Fontenelle também contam com pontos de arrecadação. Conheça todos os locais de coleta da campanha AQUI.
Fonte: Site da CAARJ

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributarista de Campos é o novo assessor de ministro do STF

Carlos Alexandre de Azevedo Campos vai trabalhar com o ministro Marco Aurélio Mello Novo assessor vai dividir seu tempo entre Campos e Brasília Um dos mais brilhantes advogados da cidade, o tributarista Carlos Alexandre de Azevedo Campos, de 40 anos, recebeu convite - e aceitou - para integrar a equipe de assessores do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello. A indicação do nome dele surgiu entre os próprios assessores de Mello que ficaram impressionados com a qualidade de uma recente resenha do advogado. O aspecto técnico da indicação, considerando somente a bagagem acadêmica de Azevedo Campos o deixou muito feliz: “A escolha do meu nome foi baseada em meus conhecimentos do Direito e não por aspectos políticos. Minha grande alegria é a de ir trabalhar com um ministro que sempre admirei por sua força intelectual”, disse. O novo assessor revelou que já esteve em Brasília para uma conversa com o ministro Marco Aurélio. “Ele gostou da minha indica…

Transporte dos Advogados

Convite: Lançamento de livro