Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2015

Livros de escritores campistas serão lançados no Festival Doces Palavras

Dez livros de escritores campistas serão lançados durante o Festival Doces Palavras, que será realizado de 23 a 27 deste mês, no Jardim do Liceu. O lançamento dos livros vai acontecer no Espaço Antônio Roberto Cavalcanti (Kapi), uma homenagem ao diretor de teatro, ator, turismólogo e produtor cultural, que faleceu em abril deste ano. O evento vai reunir duas vertentes da cultura campista: o doce e a literatura. 
Na programação do Festival, debates, oficinas, programação infantil, lançamentos de livros, contação de histórias, palestras, poesia, música, exposições e outros. A abertura oficial será no dia 23, às 18h. “A ideia é abrir espaço para novas formas de comunicação literária de nossa região, dentro de um festival que contempla assuntos relacionados aos nossos costumes e modo de viver”, disse o gerente de Literatura da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Alcir Alves.
O Festival Doces Palavras é organizado pela Prefeitura, através da Companhia de Desenvolvimento do…

Déficit de juízes em Campos será tema durante reunião

O déficit de juízes e serventuários em Campos e região será o tema central de uma reunião entre os presidentes do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ), Luiz Fernando Carvalho, e da 12ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/Campos), Carlos Fernando Monteiro, Guru. O encontro, que foi intermediado pelo deputado estadual Bruno Dauaire (PR), acontece nesta quarta (16), às 17h, na sede do TJ, no Rio de Janeiro.
Atualmente, há carência de 250 juízes no estado. Em municípios como São João da Barra, Italva e São Francisco do Itabapoana, um único juiz é responsável por todos os processos judiciais. “As varas têm acumulado, em média, oito mil processos. Este volume é quatro vezes maior que os dois mil processos dos quais um juiz que trabalha muito, de forma quase ininterrupta, teria condição de dar conta. Isso, sem levar em consideração que alguns juízes acumulam duas Varas. Esperamos que o TJ seja sensível à necessidade. A situação é bastante crítica e merece um ol…

SJB E SF: 2 juízes para 4 Varas

Presidente da OAB/Campos, Guru: demanda hoje do TJRJ é maior. (Isaías Fernandes/Arquivo)
“As Comarcas de São João da Barra e São Fidélis, na Região Norte Fluminense, têm apenas dois juízes em exercício”. A denúncia foi recebida pela equipe de reportagem do jornal O Diário por parte de advogados, que reclamam da atuação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). Os advogados não quiseram se identificar, com medo de retaliações futuras, e argumentam que há mais de dois anos não têm ocorrido promoções de juízes ou designação de qualquer substituto para os dois municípios. As informações dão conta de que, no caso de São João da Barra (SJB), a 1ª e 2ª Varas foram criadas há mais de 15 anos. De acordo com os denunciantes, na época, os juízes foram Roberto Lacé e Aidee Amazoni. “Nesse período, não se ouvia falar no Projeto do Porto do Açu e não existia nem um terço da população atual. Dessa forma, o número de processos era insignificante estatisticamente”, revelou um dos causí…