Pular para o conteúdo principal

Jornal Folha da Manhã: OAB quer audiência pública na Câmara para discutir violência

Dulcides Netto
Fotos: Genilson Pessanha
Dulcides Netto
Fotos: Genilson Pessanha


Com o aumento da criminalidade em Campos e região, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) Na cidade, Carlos Fernando Monteiro, o Guru, solicitou à Câmara dos Vereadores de Campos que seja realizada, no próximo mês, uma audiência pública para discutir a situação parece estar fugindo ao controle. Segundo o presidente, a OAB já tinha alertado, através de ofícios e sem retorno, aos órgãos de segurança, sobre a ascensão da violência na região. Já o presidente do Legislativo, vereador Edson Batista (PTB, disse que vai apoiar a iniciativa dos advogados e marcará a data para a sessão especial o mais breve possível. Até o final desta edição, 72 pessoas haviam sido mortas, vítimas de homicídio em Campos, sendo sete somente no mês de abril. Mesmo assim, policiais militares da cidade foram reforçar o 32º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Macaé.
De acordo com Guru, a situação em Campos está intolerável na cidade, com mortes provocadas por balas perdidas e consequentemente, o medo que a população vem sentindo nos últimos dias.

— Vamos convidar órgãos ligados à segurança de Campos e do Estado, para que possamos encontrar soluções ao problema. Formaremos um grande debate, e espero que possamos tirar um bom proveito da reunião. Pedimos à Câmara de Vereadores que a audiência seja realizada já no próximo mês, pois temos pressa para que a situação, no mínimo, seja amenizada o mais breve possível — relatou o presidente da OAB.

Edson Batista informou que ainda não recebeu o ofício de solicitação de audiência pública sobre a violência em Campos e região, porém destacou que vai apoiar a OAB e marcará uma reunião com o presidente do órgão para decidir detalhes do debate. “Recebo com alegria e satisfação a iniciativa dos advogados. Vamos fazer um grande debate, para que possamos criar soluções para esse grande problema, que tem afetado a população”, disse.

A equipe de reportagem tentou contato com a assessoria de Comunicação da Polícia Militar do Rio de Janeiro e 8º Batalhão de Polícia Militar, mas não teve êxito.

PMs em Macaé — No entanto, mesmo com a violência crescente em Campos, 36 policiais militares, após serem transferidos do 8º Batalhão de Polícia Militar (BPM) da cidade, foram apresentados na noite da última terça-feira, em cerimônia no Centro de Convenções Jornalista Roberto Marinho, em Macaé, para reforçar a segurança do município. Eles integrarão o Grupo de Apoio em Áreas conflagradas, que são bairros e comunidades onde há registros de facções criminosas. Os PMs vão atuar em bases, instaladas nas comunidades Malvinas, Nova Holanda e Ilha Leocádia.

Trailer — Na última quinta-feira, dia 10, a Polícia Militar instalou um trailer na divisa dos bairros Santa Rosa e Eldorado, em Guarus, com o objetivo de reduzir a criminalidade e dar uma resposta à população aos atos ilícitos que vem ocorrendo no município.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributarista de Campos é o novo assessor de ministro do STF

Carlos Alexandre de Azevedo Campos vai trabalhar com o ministro Marco Aurélio Mello Novo assessor vai dividir seu tempo entre Campos e Brasília Um dos mais brilhantes advogados da cidade, o tributarista Carlos Alexandre de Azevedo Campos, de 40 anos, recebeu convite - e aceitou - para integrar a equipe de assessores do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello. A indicação do nome dele surgiu entre os próprios assessores de Mello que ficaram impressionados com a qualidade de uma recente resenha do advogado. O aspecto técnico da indicação, considerando somente a bagagem acadêmica de Azevedo Campos o deixou muito feliz: “A escolha do meu nome foi baseada em meus conhecimentos do Direito e não por aspectos políticos. Minha grande alegria é a de ir trabalhar com um ministro que sempre admirei por sua força intelectual”, disse. O novo assessor revelou que já esteve em Brasília para uma conversa com o ministro Marco Aurélio. “Ele gostou da minha indica…

Transporte dos Advogados

Convite: Lançamento de livro