Pular para o conteúdo principal

Segurança em debate na TV Diário

Fonte: Jornal O Diário
seus direitos: Delegado foi o convidado do programa

O delegado titular da 134ª Delegacia Legal (CL/Centro), Geraldo Rangel, participou nesta segunda-feira do programa Seus Direitos, apresentado pelo presidente da OAB/Campos, Carlos Fernando Monteiro, na TV Diário, no canal 13 da VerTV, que teve como tema segurança pública. O delegado falou sobre estatística, atendimento na unidade policial e respondeu a perguntas feitas por populares nas ruas de Campos. O programa contou ainda com a participação do presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB/Campos, Luiz Celso Alves. 

Rangel defende que Campos não é uma cidade violenta. "Campos deixou de ser uma cidade média. Nós que somos daqui conhecemos a realidade que hoje é outra. Até pela pelo volume de dinheiro que circula atualmente, em especial por conta dos royalties do petróleo e também a vinda do porto. Onde há crescimento econômico há violência, mas aqui não há índices alarmantes", disse o Geraldo Rangel. 

Roubo - Para o delegado, os crimes de roubo, por exemplo, aumentam no período de maior repressão ao tráfico de drogas. "Aquele que vive do crime quando a polícia reprime com mais intensidade uma determinada prática, ele migra para outro delito", explicou o delegado que já atuou nas delegacias de Guarus, em Campos; São Francisco, São João da Barra e Santo Antônio de Pádua.

Atendimento - Segundo Rangel, somente na 134ª DL já são mais de 10 mil registros de ocorrência em 2013. A unidade conta com cinco policiais por plantão e mais dois em escala extra, que atuam dentro do programa Rais, do Governo do Estado, que prevê gratificação mensal. "As vezes a delegacia está tranquila, outros dias não. Em casos de flagrantes, estes tipos de registro são prioridade para liberar o mais rápido possível o policial militar, para que ele volte para a rua o quanto antes dando continuidade ao trabalho ostensivo", explicou.

Com relação à migração de bandidos para o interior, o delegado foi enfático: "Não tenho percebido isso de forma clara. Pela logística e distância de Campos com relação à capital, a tendência é o bandido se instalar no litoral, mas temos reuniões periódicas para debater este assunto e estamos em alerta", disse. 
Menores - Segundo Rangel, o recrutamento de menores pelo tráfico é uma tendência cada vez maior. "As consequências jurídicas e penais para o adolescente são mínimas. Ele não é sentenciado e nem apenado. A eles são aplicadas medidas sócio-educativas", explica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Tributarista de Campos é o novo assessor de ministro do STF

Carlos Alexandre de Azevedo Campos vai trabalhar com o ministro Marco Aurélio Mello Novo assessor vai dividir seu tempo entre Campos e Brasília Um dos mais brilhantes advogados da cidade, o tributarista Carlos Alexandre de Azevedo Campos, de 40 anos, recebeu convite - e aceitou - para integrar a equipe de assessores do ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello. A indicação do nome dele surgiu entre os próprios assessores de Mello que ficaram impressionados com a qualidade de uma recente resenha do advogado. O aspecto técnico da indicação, considerando somente a bagagem acadêmica de Azevedo Campos o deixou muito feliz: “A escolha do meu nome foi baseada em meus conhecimentos do Direito e não por aspectos políticos. Minha grande alegria é a de ir trabalhar com um ministro que sempre admirei por sua força intelectual”, disse. O novo assessor revelou que já esteve em Brasília para uma conversa com o ministro Marco Aurélio. “Ele gostou da minha indica…

Transporte dos Advogados

Convite: Lançamento de livro